Vergonha no MA: Sem estradas, pacientes são transportados em redes na zona rural de São Luís Gonzaga

Nos últimos dias, cenas tristes que mostram o estado lamentável que os moradores de São Luís Gonzaga enfrentam em relação à saúde e infraestrutura começaram a ser divulgadas nas redes sociais, isso porque, em pleno século XXI, os doentes da zona rural do município são transportados em redes.

Mas há quem diga que está tudo bem, que o prefeito Dr. Júnior está com a cabeça fria e em paz, mesmo diante dessa prova cabal de que São Luís Gonzaga enfrenta uma situação de completo descaso.

Um dos casos mais absurdos ocorreu numa estrada que liga os povoados Jeré, Gororoba e Centro do Jaime, em que uma senhora de quase 93 anos teve de ser transportada numa rede em condições precárias. Ainda não se tem detalhes sobre o atual estado de saúde da paciente.

Diante desse inverno, as estradas foram muito castigadas e não houve uma preocupação prévia da prefeitura em organizar a infraestrutura das vias. Os locais ficaram alagados e, por conta disso, os moradores é que enfrentam as consequências, fazendo transporte em condições subhumanas.

Em resposta, o município afirmou que possui quatro ambulâncias, com capacidade de prestar apoio, mas que não conseguem adentrar no terreno alagadiço. Veja o vídeo abaixo de uma mulher sendo transportada na estrada do Povoado Pé Só, onde os moradores precisam percorrer 5km à pé, enfrentando lama e se expondo ao coronavírus para socorrer os doentes.

A mulher foi atendida numa maternidade em Bacabal, onde deu a luz. Após o trabalho de parto, ela retornou para casa, localizada no Povoado Jeré, mas com as condições da via, nenhum veículo conseguiu fazer o trajeto, por isso ela foi carregada numa rede:

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *